Cherry @ 02:33

Qui, 12/08/10

E quando eu achava que já nada voltaria, não é que acaba mesmo por voltar?

Passei noventa minutos a ver um jogo de futebol para te ver, passei noventa minutos a morrer de vergonha quando percebi que o teu pai estava ao meu lado. Mas valeu a pena pelo jantar que se seguiu e pela tão excelente companhia que tu consegues ser. Entre sorrisos, gargalhadas, conselhos e opiniões, confessaste que tinhas acabado com a R. Não comentei, ou o que poderia eu dizer? A noite seguiu-se. Deixaste-me à pouco em casa e acabaste a dizer voltou-te a passar alguma vez pela cabeça de ter o que quer que fosse comigo? - ignorei e fechei-te a porta. Cheguei a casa e disse-te pra voltar a falar contigo tive de deixar certas coisas la atras, assim como para conseguir criar e ganhar novamente confiança contigo, entendes? E isso implica nem sequer meter isso nos planos (ou ignorar mesmo q quisesse meter) pq se nao nao ia csguir lidar ou falar contigo se tivesse a pensar 'se calhar dá' pq isso era voltar atras e nao andar pra frente! porquê?'.

 

Senti-me a maior mentirosa do mundo.

Será que acabámos de perder tudo? Quero o dia de amanhã,

preciso de saber, preciso de sentir a repercursão dos meus actos,

das minhas palavras.




adele schulze @ 02:58

Qui, 12/08/10

 

que amanhã seja um dia melhor. e que consigas o que queres.
beijinhos.

Açucena @ 13:15

Qui, 12/08/10

 

a isso chama-se amor.

beijo


Tea & Coffee @ 20:30

Qui, 12/08/10

 

É o amor...
Vou aproveitar ao máximo querida! (:
Beijinhos grandes^^


Lisa @ 20:37

Qui, 12/08/10

 

isso anda aqui com novidades :)
sê feliz, e arriscar--te a vida.

Era para ir para a piscina hoje, porque amanha ja tenho até domingo os dias preenchidos a ensaiar para apresentar uma peça de teatro, mas o tempo esteve uma porcaria.
Olha raios parte as marcas que um amor pode deixar numa pessoa.