Cherry @ 11:36

Sex, 10/09/10

Estou naqueles dias em que me apetecia fugir para a outra ponta do mundo, isolar-me, adormecer e sonhar que tudo era diferente - que tu estavas aqui, que a faculdade já tinha começado e que a R não se tinha ido embora de lá, que a B tinha acordado para a vida, que a carta estava feita e que eu já andava de carro na mão. E o melhor? O melhor era acordar e perceber que tudo o que tinha sonhado afinal era real. Isso sim!

 

Odiei o facto de perceber que foste a minha primeira prioridade de sonhos, odiei e odeio - juro.

 

Que as minhas lágrimas corram assim para bem longe, para que o meu amor nunca saiba que um dia eu chorei por ele - Paulo Coelho



vera @ 12:24

Sex, 10/09/10

 

Todas passamos por lá , e é horrivel enquanto esta fase dura :s

Ainda não voltas-te a estar ou a falar com ele ? :x


Zé Ninguém @ 13:36

Sex, 10/09/10

 

E nunca se sabe se isso que tanto desejas não se torna realidade. ;P

Uma vez nas minhas férias um senhor entregou-me um papel que dizia: " Nada é impossível a não ser que penses que é!"
Eu guardei o papel e sinceramente acredito nisso porque não acreditares também?

;)

Beijinho*


Lisa @ 18:47

Sex, 10/09/10

 

Essa última frase :
"Que as minhas lágrimas corram assim para bem longe, para que o meu amor nunca saiba que um dia eu chorei por ele - Paulo Coelho"
Minha linda, se todos podessemos adormecer na esperança que quando acordassemos tivesse tudo diferente, que já não precisavamos de sentir o tempo passar,e ver as coisas a acabarem. Mas temos. Um dia olharemos para trás, e veremos como o tempo passou mais rápido do que caulculamos, e aí gostariamos de voltar atrás.