Cherry @ 11:21

Seg, 21/06/10

    Continuava a espera de resposta. Esperei 24horas e ela não

veio. Deixei de esperar, não valia a pena.

    E depois aconteceu isto:

 

Mensagem Recebida (01:23). J: "Ha uns bons meses que te devo um pedido de desculpas. Era isto que te queria dizer na sexta."


Mensagem Enviada (01:56). Eu: "Se ainda nao te tivesse 'desculpado' nao tinha sequer voltado a olhar pra ti e isso ja aconteceu, por isso.. Mas é bom teres consciência de que faltava o pedido de desculpas"


Mensagem Recebida (02:09). J: "Nao devias tas ja a dormir?"

 E a conversa seguiu-se.

 

E não quero. Não te quero agora de volta.

Fazes-me mal, muito, mesmo.

 


música: Vanila Twilight - Owl City

p a t @ 10:58

Ter, 22/06/10

 

sim , ontem foi um grande jogo . Fez-se magia (:
e sim , eu sei que estará sempre presente . Mas nos primeiros tempos , custa.


Lisa @ 01:51

Dom, 27/06/10

 

Dei uma vista de olhos só deste post para cima.
Quero saber tudinho, e quando voltar vou ler isto tudo. [Não tenho tempo :( ]
Rapariga, mencionei porque era necessario, porque merecias. Fizeste parte de uma força que se ganhou. Era justo.
Apesar de não saber o que se passou, digo-te, faz mal, sim deixarmos que um "ele" entre novamente, por vezes sem razão que é um voltar definitivo. Mas nós, entramos na lua, nesse momento, e nem pensamos no que pode ainda partir.

Amiga ( sim acho que te posso chamar de tal, sendo ela virtual), olha em frente, e grita, o que te apetecer, depois apenas espero que estavas mais renovada e calma, e descas da lua. ;)

Beijinho
( se tiveres erros desculpa)

M* @ 15:26

Qui, 08/07/10

 

Olá C :) desculpa ter invadido o teu blog mas não podia deixar de te dizer que me identifico tanto contigo que nem imaginas :(
Há dois anos conheci um rapaz, misterioso, que cujo nome, por acaso, também se inicia pela letra J. *
Falámos um tempo, criei uma ligação com ele INEXPLICÁVELMENTE diferente! Entretanto uma longa história se seguiu. Ele sempre foi tímido e acábamos por deixar de falar. Mas o desejo IMENSO de estar com ele, ao longo destes dois anos, permanecia. Entetanto namoros pelo meio mas ELE, era ele que lá estava <3
Cada vez que via o nome dele :) a presença dele no msn... Não sei! Era uma luz diferente.
Só este ano começamos a falar... Ele tinha ido para o Canadá e voltou... Parecia um sonho quando estvemos juntos e finalmente quando aconteceu algo entre nós...Eu estava nas nuvens! Sentia que nada melhor me podia ter acontecido...
Dia 14 de Fevereiro de 2010, finalmente, foi concretizado e expressado esse desejo.:$ eu senti-me tão feliz e finalmente percebi, achei que tinha encontrado a pessoa da minha vida :$ nunca tinhal lutado antes por um relacionamento assim, mas infelizmente :( não passava de um conto de fadas na minha cabeça. Ele não lutava por nós, não me dava mimos, desistia sempre que falava dos problemas e mostrava-se demasiado seguro e demasiado confiante de si mesmo (quando digo DEMASIADO, é mesmo...) Sabes quantas vezes em exactamente 3 meses de namoro ele se mostrou realmente feliz comigo +.+ e me disse um simples: és tão linda:$ nada. Não fez esse pequeno esforço de me fazer sentir realmente BEM. De me ajudar a construir um NÓS. Eu queria partilhar o meu amor com ele e ele continuava na sua "caixinha", continuava a não ajudar nem um pouco... Eu sentia fazer tudo por ele e ele: nem 1/2.
Entretanto acabámos, passámos um mês sem falar... Ele manda-me uma msg sobre um filme, que era o nosso filme de namoro :$ o filme que tanto queria ver com ele :'(
Claro que quando uma pessoa AMA, entende aquilo como uma esperança e não ajuda MESMO nada! Mas o que é que eles querem com isso? Não consigo entender :| Será que há sentimento da parte deles ainda? Ou simplesmente querem sentir que nos têm na mão? (Fds). Sou como tu! Mal recebo mensagem dele, dedico-me de corpo e alma a nós, de novo, e ele deixa de responder depois de poucas mensagens. É um constante, um cíclico SIIM :D e nãão :( . Não nos merecem, não mesmo. Mas enfim, o amor continua :( * a vida terá de continuar também :x . Beijinho e desculpa-me pelo desabafo!