Cherry @ 23:17

Ter, 06/07/10

Voltei a roer as unhas. Doem-me os dedos.

Doi-me cá dentro, sinto a tua falta.

 

 

Sei que nunca gostaste das minhas unhas roídas, por isso

podes voltar quando as unhas voltarem a crescer?

Diz que sim



Filipa. @ 13:32

Qua, 07/07/10

 

qe fofa **


Lisa @ 13:53

Qua, 07/07/10

 

Também eu voltei a roer as ulhas bahh [ Pareco estar a gozar, mas ainda ontem vou assim, devia escrever um post, que tinha comecado a roer as ulhas novamente).

Omg :)
Não pecas que ele volte, quando as ulhas crescerem. Não o queiras novamente, desvia o momento e aproveita para recomecar o novo caminho. Tanto o queres, que nem por tudo o que ele possa ter feito, o queres deixar ir. É amor, sim. Mas é perder tempo, estarmos agarrados a quem, já pouco fazerá para voltar.


Palavras Rasgadas @ 22:27

Qua, 07/07/10

 

Espero que volte e espero que também voltes a não roer as unhas eheheh