Cherry @ 11:38

Seg, 27/09/10

Foi uma pausa realmente grande. Foram mudanças que se deram, foram pessoas que apareceram, foi um afastamente sem razão. Foi um afastamente que me fez bem, que me fez crecer, que me fez perceber o que quero.

 

E agora é uma renovação, um reviver de várias coisas, de várias pessoas. O próximo passo? Aprender a dar-me a alguém sem pensar em ti, sem insistir em termos de comparação - o alguém já existe, mas está complicado que eu te deixe partir.

 

Nada conta porque faça sol ou chuva, os dias são todos azuis e apesar de terem sempre 24 horas, não há nenhum igual ao outro. É preciso viver uma paixão até ao fim, mesmo que seja amanhã, porque o que conta é o que se sente aqui e agora. A paixão faz-nos sentir prisioneiros e livres ao mesmo tempo. E não há melhor do que saber que se tem asas e preferir não voar, só para ficar no ninho e esperar que um dia um ovo choque e dele nasça o futuro da paixão - Margarida Rebelo Pinto

Tags: ,


Cherry @ 16:44

Sab, 11/09/10

Sou sempre tão feliz no bairro e ontem não foi excepção - apareceste lá, falámos tanto e já te estavas a esticar... Mão aqui, mão ali e a bebida que não estava a ajudar. Apareceram então as recordações com quem em tempos saímos enquanto namorados, piadas antigas que nós os quatro tínhamos nas nossas saídas a pares, e um bocadinho de saudade. Por sorte tiveste de ir embora, estava a tentar resistir-te ao máximo mas estava quase a ceder às tuas palavras, estava a tornar-se difícil. Por sorte tiveste de ir embora, e ainda bem.


Ah e obrigada - Estás tão gira, estás bem assim.

 

Preciso de te poder amar para ser feliz - Margarida Rebelo Pinto

Tags:


Cherry @ 02:19

Ter, 07/09/10

E acabaram assim as férias de Verão, e acabou assim mais uma etapa. Impossível descrever as duas últimas semanas que se consumaram com a chegada directa para o Avante, após a entrada em Portugal.

Agora é esperar que tudo volte ou (e) se revolte...

 

Eu continuo a achar que o ano devia acabar no final de Agosto e começar em Setembro, faria muito mais sentido - É em Setembro que (re)começam as aulas, que (re)começam os trabalhos, que (re)começam amizades distantes perdidas nos meses de Verão. É em Setembro que as vidas (re)começam e não em Janeiro! Juro que não percebo.

 

O mundo tinha seguido adiante sem o meu conhecimento - Dorothy Koomson